Exército coloca 700 militares para combater crimes na fronteira

Publicado em: 19/11/2020

O Comando Militar do Oeste (CMO), deu início ontem (18/11) à Operação Ágata. A ação ocorre nos estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul e tem como finalidade combater os delitos transfronteiriços e ambientais, contribuindo para a redução das ações do crime organizado e intensificar a presença do Estado na faixa de fronteira.

Serão empregados na operação aproximadamente 700 militares, pertencentes a 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada (4ª Bda C Mec), com sede em Dourados, a 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira (18ª Bda Inf Fron) em Corumbá e a 13ª Brigada de Infantaria Motorizada (13ª Bda Inf Mtz) com sede em Cuiabá (MT).

Em nota, o CMO diz que mesmo após a operação, mantém a vigilância permanente da fronteira oeste, por meio de seus Pelotões Especiais de Fronteira (PEF), com o suporte do Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteira (SISFRON) e em apoio aos OSPF, contribuindo de maneira efetiva para a segurança e proteção da sociedade brasileira.

Fonte: MSNews

« »