CTG Cultivando a Tradição elege a nova patronagem para 2021

Publicado em: 27/11/2020

Em Assembleia Geral realizada nesta quarta-feira (25) o CTG Cultivando a Tradição, de Chapadão do Sul (MS), elegeu a sua patronagem para a gestão 2021.

Com chapa única e eleito por aclamação, o atual patrão, Gerson Luís Schwengber, permanece por mais um ano à frente da entidade. Após a gestão 2021, as próximas patronagens terão um mandato de 2 anos, conforme foi definido e aprovado por todos os presentes na reunião.

Durante a realização da Assembleia, um momento foi dedicado aos falecidos no ano de 2020, entre os quais, sócios-fundadores, amigos e colaboradores do CTG Cultivando a Tradição.

Foram lembrados e homenageados:

-Edwino Raimundo Schultz

-Júlio Alves Martins (Patrono e fundador)

-Antônio de Assunção (Ex-patrão e fundador)

-Santa Grando

-Geni Bacca

-Natalina Bortolotti

-Pedro Augusto da Rosa (Ex-vice-patrão)

-Paulo Missioneiro

-Clarice Fátima Semione

-Vera Lúcia Wagner Oliveira

-Júlio Ivanir Pfeifer (Fundador)

-Luiz Carlos Santos Oliveira

-Sérgio dos Santos Kazmirczak (Fundador)

-Genir Sartori

Prestação de contas

Geraldo Galindo, tesoureiro, fez a prestação de contas da atual gestão e lembrou das dificuldades enfrentadas durante o ano, por conta da pandemia.

Impedido de realizar as suas atividades sociais, o CTG precisou se reinventar para poder manter a estrutura em funcionamento. Churrascos dominicais, leilões virtuais, doações e a subvenção do Poder Público fizeram com que a entidade mantivesse as portas abertas, à disposição dos sócios e, principalmente, conseguisse pagar os salários de professores e colaboradores.

Espera-se para 2021, com a contribuição de todos os sócios e da nova diretoria, um ano de muitas realizações. O compromisso da patronagem é manter a entidade de pé e assim continuar a sua árdua missão de difundir a tradição, os costumes e os valores do povo gaúcho.

Veja como ficou a nova Patronagem do CTG Cultivando a Tradição

Patrão: Gerson Luís Schwengber

Vice-patrão: Paulo Afonso Lauter de Oliveira

Capataz: José Joaquim Lopes Garcia

1° Agregado das Pilchas (tesoureiro): Geraldo Galindo

2°Agregado das Pilchas: Luiz Afonso Weschenfelder

1ª Sota Capataz (secretária): Ana Elisabet Korbes Schwengber

2ª Sota Capataz: Darlose Andreia Rauber Semioni

Agregado das Falas (orador): Marcos Cezar de Oliveira

Conselho Fiscal: Juraci Pereira, Valdir Pivato, Amarildo Bortolotti.

Suplentes: Sandro Bandeira, Douglas da Rosa, Nerci Afonso Tonezer.

A Assembleia contou ainda com a presença do Diretor Artístico do MTG-MS, Douglas da Rosa, que representou o Movimento Tradicionalista Gaúcho junto ao CTG Cultivando a Tradição.

Fonte: Diário Chapadense

« »