O gênio multifacetado

Roberto Gomez Bolaños, vulgo “Chesperito” é um artista mexicano que conquistou a América Latina. Eu o classifico como um dos maiores comediantes latino-americanos.

Com humor ingênuo, conseguiu cativar o público infanto-juvenil.

Em sua carreira artística, produziu, atuou e roteirizou para á Televisa. Engenheiro de formação, nunca atuou nesta área.

El Chavo Del Ocho é um personagem, oriundo de uma gíria mexicana que significa menino de rua. Na época Bolaños tinha 48 anos. No Brasil é apelidado de Chaves. O programa foi exibido originalmente de 1971 á 1980. Em nosso país, o direito de transmissão foi concedido ao SBT, em 1984.

Atualmente o programa não é mais transmitido em nenhum país de língua latina. Era o principal triunfo da TV de Sílvio Santos, para alavancar á audiência.

Chesperito idealizou mais de cem personagens.

Com tanta criatividade, o mesmo é escritor com 33 obras publicadas. Ele também adora redigir dramas.

É poeta, pintor, humorista, compositor e publicitário.

É irmão de Horácio Gomez Bolaños (também falecido) e foi casado com Florinda Meza (interprete da personagem Dona Florinda).

O mesmo nasceu na cidade do México em 21 de Fevereiro de 1929 e nos deixou em 28 de Novembro de 2014, na cidade Cancún.

Em pesquisa realizada em seu país, foi eleito o segundo maior comediante mexicano, perdendo apenas para o lendário Cantinflas.

Portanto devido á sua criatividade, ele deixou um legado que marcou épocas.

« »